Quinta-Feira , 23 Novembro 2017

 

Cerca de 700 participantes do projeto Jovem Aprendiz Empreendedor e do Programa Agentes da Educação estarão presentes na Jornada Transformadora: Educação, nesta 4ª, 17, às 9h, no auditório do Hotel Fiesta, no Itaigara. Promovido pela ONG Parque Social, o evento tem como propósito avaliar os esforços voltados para a educação de qualidade no município, assim como a promoção de melhores oportunidades de desenvolvimento profissional para os jovens. O prefeito ACM Neto estará presente. 

 

De acordo com a diretora presidente do Parque Social, Rosário Magalhães, o Jovem Aprendiz Empreendedor e o Agentes da Educação, realizados em parceria com a Prefeitura, têm apresentado resultados bastante positivos e ajudado a resgatar a autoestima das pessoas, principalmente moradores de comunidades carentes. “Acreditamos que é através da aprendizagem e do trabalho que mudamos o mundo”, pontua.

 

Nos últimos quatro anos, o Parque Social beneficiou um total de 750 jovens através do Jovem Aprendiz Empreendedor. Já o programa Agente da Educação envolve o trabalho de 400 estudantes de pedagogia, que atuam nas escolas da rede municipal de ensino para enfrentar o problema da evasão escolar.

 

Empreendedorismo – Criado em 2013, o Jovem Aprendiz Empreendedor tem como principal objetivo auxiliar a inclusão no mercado de trabalho. Através da Secretaria Municipal de Gestão (Semge), a iniciativa envolve a capacitação de 300 jovens entre 14 e 24 anos de idade, estudantes ou egressos de escola pública, para exercerem a função de auxiliar administrativo nos diversos órgãos municipais.

 

Durante os 16 meses de atividades, os participantes recebem capacitação teórica e prática de 1.280 horas em auxiliar de escritório/administrativo para atuação durante quatro dias nos órgãos. Um dia na semana é reservado para a continuidade das capacitações teóricas no Parque Social. Os jovens ganham meio salário mínimo e têm a carteira assinada pelo contrato de trabalho por tempo determinado. A atividade conta com acompanhamento sistemático que passa pela capacitação e atuação na prática.

 

Evasão escolar – Lançado em 2015 e desenvolvido de forma pioneira em Salvador, em parceria com a Secretaria Municipal da Educação (Smed), o Agentes da Educação promove a aproximação entre a família, escola e comunidade. São realizadas ações que possibilitam a participação dos familiares no ambiente escolar e o envolvimento na rotina estudantil, auxiliando-os no acompanhamento e apoio ao aprendizado dos alunos. A iniciativa contribui, ainda, para a redução da evasão escolar na rede municipal de ensino.

 

Graças a iniciativas como o Agentes da Educação, a evasão escolar em Salvador teve uma redução de 60% entre 2013 e 2016. O público-alvo é formado por estudantes de Pedagogia que residam nas áreas de atuação do programa. A atuação ocorre em parceria com a direção, equipe pedagógica e demais integrantes da escola. Dentre as atividades realizadas estão o atendimento às famílias dos alunos na unidade de ensino; promoção de encontros entre familiares e alunos; mobilização da família e comunidade para ações voluntárias; acompanhamento do rendimento e comportamento escolar dos alunos; e visitas às famílias.