Quinta-Feira , 19 Outubro 2017

 

Um símbolo da região da Barroquinha e que já bastante degradado vai dar lugar à nova sede da Fundação Gregório de Mattos (FGM). O projeto de recuperação do imóvel do antigo Hotel Castro Alves e três estruturas anexas terá os detalhes divulgados pelo prefeito ACM Neto e do presidente da FGM, Fernando Guerreiro, nesta quarta-feira (2), às 15h, no Espaço Cultural da Barroquinha (defronte à Praça Castro Alves). Também estarão presentes representantes do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), demais autoridades e representantes da classe cultural.

 

Realizado em parceria entre a Prefeitura e Iphan, o projeto de instalação da nova sede da FGM contará com investimento de R$9,5 milhões, sendo R$1,5 milhão já aplicados pela administração municipal no processo de desapropriação. O Iphan já deu início às ao trabalho de limpeza do local.

 

Além da estrutura administrativa, o equipamento prevê a instalação de um café-teatro; espaço para cursos, oficinas e ensaios; reserva técnica e auditório. As salas vão abrigar ainda a sede dos conselhos Municipal de Políticas Culturais (CMPC) e Consultivo do Patrimônio Cultural (CCPC). 

 

Com isso, a intenção é transformar o local em um complexo cultural, que envolve os já existentes Espaço de Cinema Glauber Rocha, o Espaço Cultural da Barroquinha e o Teatro Gregório de Mattos (TGM). A ação faz parte do programa Salvador 360, eixo Centro Histórico, que deverá ser lançado ainda neste mês de agosto.