Quinta-Feira , 02 Abril 2020
0
0
0
s2sdefault

Foto: Bruno Concha/Secom

O atendimento nas Prefeituras-Bairro de Salvador foi limitado apenas a serviços essenciais desde hoje (19). A decisão faz parte das novas medidas de prevenção adotadas pela gestão municipal para conter a proliferação do coronavírus na cidade, mediante o decreto de situação de emergência para o enfrentamento da pandemia, visando a segurança tanto do público quanto dos servidores.

As unidades administrativas funcionam das 8h às 17h. Os serviços mantidos são confecção do cartão SUS, dispensação de medicamentos e recadastramento no programa Bolsa Família. A medida vale para todas as 10 Prefeituras-Bairro existentes na capital baiana por prazo indeterminado. As unidades são as seguintes: Centro/Brotas, Subúrbio/Ilhas, Cajazeiras, Itapuã, Cidade Baixa, Barra/Pituba, Cabula/Tancredo Neves, Pau da Lima, Liberdade/São Caetano e Valéria. No caso da Prefeitura-Bairro Cajazeiras, não há dispersão de medicamento.

“A Prefeitura não pode se omitir de ofertar os serviços essenciais. É um movimento de precaução, que visa preservar a integridade tanto dos funcionários quanto da população. Pedimos aos cidadãos que permaneçam o máximo possível nas suas residências para se precaver e evitar a disseminação do vírus”, ressaltou o titular da Secretaria Geral de Articulação Comunitária e Prefeituras-Bairro, Luiz Galvão.

Ele frisou que não estão descartadas novas medidas de contenção, principalmente se Salvador registrar casos de disseminação comunitária do vírus, quando não é mais possível identificar a origem da contaminação. "Não está descartado, por exemplo, a suspensão ou redução do horário de atendimento. Por isso, a população deve ficar atenta aos anúncios feitos pelo município", acrescentou Galvão.

Novas determinações – Com o decreto de situação de emergência na cidade, a Prefeitura poderá, de forma segura, contratar serviços, comprar insumos e equipamentos de maneira mais ágil, eliminando burocracia, para enfrentar o Covid-19.

Além das restrições no funcionamento dos órgãos públicos municipais, dentre as medidas da Prefeitura para evitar a proliferação do coronavírus na cidade está o fechamento de shoppings centers e centros comerciais - excluindo supermercados e postos de combustível - a partir do sábado (21), durante 15 dias. Escolas, academias, parques e equipamentos culturais já foram fechados. Uma força-tarefa está fiscalizando o cumprimento das determinações.

0
0
0
s2sdefault