Terça-Feira , 30 Maio 2017

 

 

Ocorreu na tarde de sexta-feira (12), no campus da Universidade Federal da Bahia (Ufba), uma mostra dos trabalhos realizados por professores e alunos da rede municipal de ensino através do projeto Arte no Currículo. O projeto, que surgiu em 2015, é desenvolvido através da Escola de Dança da Ufba, em parceria com Secretaria Municipal de Educação (Smed), e é voltado para a potencialização das artes no âmbito dos currículos da educação básica de Salvador. 

 

A mostra arte-educação simboliza um momento para possibilitar visibilidade aos trabalhos que são desenvolvidos nas escolas, ofertando aos participantes um momento de troca, contribuição e intercambio entre os envolvidos. De acordo Rita Aquino, uma das coordenadoras, o Arte no Currículo surgiu a partir da necessidade de aproximar a universidade da rede municipal de ensino para entender suas demandas e estimular os professores, possibilitando fomentar o estudo das artes dentro das escolas. “A gente precisava se aproximar desta rede, inclusive porque trabalhamos na universidade no campo das licenciaturas, ou seja, somos responsáveis também pela formação destes docentes”.

 

O evento contou com apresentações de artes visuais, dança, música e teatro. Na ocasião, também foi lançado o documento "Referenciais curriculares de arte para o Ensino Fundamental da rede municipal". "Este documento foi produzido por um grupo de professores municipais e é uma atualização do marco de aprendizagem de 2008 que regia a educação básica no município".

 

O projeto envolve professores, estudantes de pós-graduação da Ufba das quatro escolas de arte - visuais, dança, música e teatro - e consultores do setor. Ao longo destes dois anos de projeto, 320 professores de 248 escolas da rede municipal passaram pelo processo de formação através do Arte no Currículo, atingindo a aproximadamente 50 mil estudante.