Quinta-Feira , 21 Setembro 2017

 

Com a proposta de fazer uma celebração à cultura afro-brasileira, a Escola Municipal João Lino, localizada no Pelourinho, comemorou na manhã desta sexta-feira (25), no Parque da Cidade, o Dia do Folclore com uma série de atividades para 60 alunos de dois a cinco anos de idade. As ações contaram com o suporte do Grupo de Capoeira Mandinga, com quem ao estabelecimento mantém uma parceria. A presença da criançada modificou o panorama naquela área de convivência e lazer, proporcionando um clima de harmonia, festa e alegria.

 

A coordenadora das atividades, professora Rita de Cássia Natividade, ressaltou que durante o evento foram realizadas ações como contação de estórias, roda de capoeira, roda de samba e interação com a natureza. “Além da comemoração do Dia do Folclore, a celebração teve como objetivo ressaltar o espírito lúdico-infantil como opção de aprendizado nesta fase de desenvolvimento humano”, enfatiza a professora, que elogiou também a contribuição de outros integrantes do corpo docente daquele estabelecimento.

 

"Tais atividades são uma constante no cotidiano escolar da João Lino. Isso porque a escola fica localizada no coração do Centro Histórico de Salvador, que é um dos berços da cultura brasileira, e por essa razão as crianças do João Lino estabelecem uma interação sociocultural e ambiental com o Pelourinho, celebrando cotidianamente a cultura afro-brasileira", frisou Rita. A unidade de ensino do Município fica localizada na rua João de Deus e atende a 90 alunos, a maioria formada por moradores dos arredores do Centro Histórico, Saúde e adjacências.

 

De acordo com a professora, além da convivência com o Centro Histórico e por extensão com a riqueza cultural afro-brasileira por meio das idas e vindas do trajeto escolar, os alunos da João Lino participam três vezes por semanas de atividades de capoeira na sede do Grupo Mandinga, através do projeto “Menino, quem foi teu Mestre”, do qual a escola é integrante. Por esta razão, sustenta Rita Natividade, a celebração da cultura afro-brasileira faz parte do dia a dia dos alunos da unidade de ensino.

https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif