Quinta-Feira , 24 Maio 2018
0
0
0
s2sdefault

 

Em um só lugar, estudantes terão acesso a educação com uso de tecnologia de ponta, teatro, cursos profissionalizantes, quadras poliesportivas e estúdio de rádio

 

O Subúrbio de Salvador, onde residem aproximadamente 400 mil pessoas, ganha nesta sexta-feira (26) um equipamento público de ponta, que está muito além da educação em tempo integral. Instalado na Rua da Paz, s/n, em Coutos (onde funcionava, em uma estrutura bem menor, a antiga sede da Fundação Cidade-Mãe), o Subúrbio 360 será inaugurado às 10h pelo prefeito ACM Neto, oferecendo, em um espaço multiuso de dez mil metros quadrados de área construída, atividades para alunos da rede municipal e de toda comunidade que passam pela experimentação com uso de ferramentas tecnológicas, práticas esportivas e culturais, cursos profissionalizantes e atendimento na área de saúde para pessoas com deficiência. Haverá ainda no local um Centro Especial de Reabilitação (CER) para pessoas com deficiência.

 

No total, o equipamento, fruto de um investimento de R$30 milhões, vai atender a cerca de 1,5 mil pessoas por mês, entre crianças e comunidade em geral. Desse montante, 550 serão matriculadas na Escola Laboratório (Escolab), a terceira inaugurada pela Prefeitura e que fica dentro do Subúrbio 360. Todas essas crianças pertencem à rede municipal de ensino, e, no Subúrbio 360, irão participar de atividades extracurriculares dentro da Escolab e em todos os outros espaços, a exemplo das duas quadras poliesportivas, auditório, teatro e estúdio de rádio. 

 

"Na Escolab, das 8h às 17h, os alunos vão aprender com o uso de ferramentas tecnológicas e como tablets, impressoras 3D, inclusive de uma forma lúdica e interativa. Mas esses estudantes também poderão usar todos os espaços do Subúrbio 360, conforme orientação de uma equipe pedagógica. Esses mesmos espaços, a exemplo das quadras, do teatro, do auditório, também estarão à disposição de outros estudantes e da comunidade em geral, e poderão ser utilizados mediante solicitação à direção do Subúrbio 360", explicou o secretário municipal de Educação, Bruno Barral. 

 

Os estudante da rede municipal matriculados no Subúrbio 360 irão participar das atividades da Escolab e usufruir dos demais espaços do equipamento no contraturno das aulas. Quem estuda pela manhã, por exemplo, poderá chegar ao Subúrbio 360 no início da tarde, onde terá direito a almoço, lanche e até a banho. O mesmo para quem estuda pela tarde, só que no turno oposto. Até agora, cerca de 300 vagas já foram preenchidas, de acordo com a diretora do equipamento, professora Celma Vitória. 

 

Cursos profissionalizantes - "Além dos alunos matriculados na Escolab, cerca de mil pessoas deverão utilizar o Subúrbio 360 por mês. Teremos aqui um espaço para o teatro, comandado pela Fundação Gregório de Mattos em uma sala de primeira para grandes espetáculos. Atividades nas quadras de esporte desenvolvidas pela Secretaria Municipal de Trabalho, Esporte e Lazer. E cursos profissionalizante de panificação e confeitaria numa cozinha industrial, que será oferecido às mães dos estudantes, numa parceria entre a Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ) e o Senai", explicou Celma Vitória.

 

Apae - O Subúrbio 360 terá ainda um Centro Especial de Reabilitação (CER). O centro, que faz parte das atividades da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), será um equipamento de saúde integrado à Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência, que foi instituída pela Portaria nº 793/GM/MS, de 24 de abril de 2012. Serão atendidos 400 jovens com deficiências - física e intelectual - por mês. "Será um espaço avançado com neurologia, fonoaudiologia, psicólogos, educadores físicos e terapeutas ocupacionais. Profissionais que serão capazes de fazer diagnóstico e tratamento dessas crianças para que elas possam voltar para casa ou para a escola", informou o secretário municipal de Saúde, José Antônio Rodrigues Alves. 

 

 

 

 

0
0
0
s2sdefault