Segunda-Feira , 19 Novembro 2018
0
0
0
s2sdefault

Uma antiga demanda de uma das áreas mais carentes de Salvador começa a se tornar realidade nesta terça-feira (6), com a construção da Unidade de Saúde da Família (USF) Gal Costa, em São Marcos. A ordem de serviço para início imediato das obras foi assinada pelo prefeito ACM Neto, acompanhado do secretário municipal da Saúde (SMS), Luiz Galvão, demais gestores e autoridades municipais, imprensa e moradores da região. 

O prefeito salientou com números o esforço realizado pela administração municipal, desde 2013, para expandir a cobertura na área de Atenção Básica em Salvador – a capital baiana registrava um dos piores índices do país nesse setor, no fim de 2012. “Os números são reveladores. A cobertura da Atenção Básica na região do Distrito Sanitário de Pau da Lima, por exemplo, era de pouco mais de 8%. Em 2019, vamos ter cerca de 70% da população assistida pelos serviços básicos de saúde no mesmo distrito. Isso só é possível com a construção de novas unidades e disponibilização de médicos, auxiliares e agentes comunitários para trabalhar com equipes consistidas nessas unidades.” 

O novo equipamento já é aguardado com ansiedade por moradores como Geane Alcântara, de 28 anos, mãe de dois meninos e grávida de oito meses. “Aqui precisa muito deste posto. A gente costuma ir para a Sussuarana Velha, mas a unidade lá é cheia. Para fazer um exame logo, temos que pagar nas clínicas do bairro”, relatou. 

As irmãs Alessandra dos Santos, de 29 anos, e Cassiane, de 17 anos, relataram a dificuldade de conseguir acesso a serviços básicos como consultas, retirada de medicamentos e até mesmo vacinação. “Esse posto aqui vai ser uma salvação. Há muito tempo esperamos por isso”, salientou Alessandra. 

Avanço – De acordo com o secretário Luiz Galvão, o Distrito Sanitário de Pau da Lima chegará ao fim deste ano com mais de 50% da população atendida na área da saúde. As próximas USFs a serem entregues ainda este ano serão as de São Marcos e Novo Marotinho. Em 2019, além da Gal Costa, entram na lista as unidades de Vila Nova de Pituaçu e Vila Canária. 

O trabalho de expansão da Atenção Básica de Saúde em Salvador será intensificado ainda mais pela Prefeitura. “Na virada de 2018 para 2019, vamos inaugurar uma USF por semana durante dois meses, o que será extraordinário para a cidade, além de novas construções de unidades de saúde no próximo ano. Queremos que a atenção básica seja a porta de entrada para melhoria do cuidado da vida das pessoas”, anunciou ACM Neto. 

Estrutura – Com investimento de cerca de R$1,2 milhão e capacidade para atender cerca de 460 pessoas por dia, a USF Gal Costa contará com a atuação de quatro equipes de Saúde da Família e quatro grupos de Saúde Bucal. Aproximadamente 16 mil pessoas cadastradas no programa serão beneficiadas pela nova estrutura municipal. 

Além do atendimento médico, enfermagem e odontológico, a unidade oferecerá serviços de atenção integral ao recém-nascido, criança, adolescente, homem, mulher e idoso. Entre as prioridades da USF estão os serviços de Atenção Primária à Saúde nos programas de hipertensão, diabetes, controle da tuberculose, hanseníase e doença falciforme. 

A USF vai dispor, ainda, de serviços complementares como curativo, coleta de material para exames laboratoriais, vacinação, realização de visita domiciliar, marcação de consulta para outras especialidades e exames ofertados no Distrito Sanitário. Dispensação de medicamentos básicos e confecção do Cartão Sistema Único de Saúde (SUS) também integram a lista.

 

0
0
0
s2sdefault