Segunda-Feira , 19 Novembro 2018
0
0
0
s2sdefault

Masculinidade e Saúde Mental foram os temas escolhidos para a campanha do Novembro Azul 2018, lançada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) na manhã desta terça-feira (6), no auditório da Universidade Salvador (Unifacs), na Paralela. Na ocasião, foi anunciada a oferta de 15 mil atendimentos de saúde para a população masculina em Salvador, dentro da programação especial de mobilização contra o câncer de próstata.

O tema leva em consideração a importância da atenção à saúde mental pelas cobranças feitas pela sociedade ao homem: ser provedor do lar, estrutura forte e resistente em todos os aspectos – o que acaba refletindo nos cuidados com a saúde. “Como de costume, abordaremos a prevenção do câncer de próstata, mas entendemos que há também outras questões. Nos últimos anos, observamos um aumento de adoecimentos psíquicos nesse público. Isso é preocupante e é necessário ter um olhar apurado para esse campo”, afirma a coordenadora de Atenção Primária à Saúde da SMS, Adriana Miranda.

Mesmo com o Novembro Azul, ainda existe um certo preconceito masculino quanto ao exame para detecção do câncer de próstata. “Isso tem que ser quebrado para que, futuramente, o pior não aconteça. Com isso, somente nesse mês de novembro, a SMS oferecerá mais de 15 mil atendimentos para que os homens possam se cuidar e colocar seus exames preventivos em dia”, informa o secretário da SMS, Luiz Galvão.

Para o dentista Jorge Simões, 44 anos, a resistência dos homens em se cuidar é uma questão cultural. “Hoje, na minha idade, eu sou muito mais consciente. Já fui um homem que não me preocupava nem um pouco com esse assunto, era muito negligente e isso pode ser perigoso. Campanhas como essa servem para chamar atenção de toda a população para se cuidar e dar atenção à saúde, que é essencial para todos nós”, declara.

Atendimento - Durante todo este mês, as Unidades Básicas de Saúde vão desenvolver ações específicas para a população masculina. O Dia D da campanha acontece no próximo dia 10, quando as unidades ofertarão consultas médicas de enfermagem e odontologia, serviços de imunização, realização de testes rápidos, coleta de exames de laboratório e o encaminhamento desses homens para os serviços especializados, quando for necessário.

Dentro da rede de serviços de média complexidade, os multicentros terão seus horários de funcionamento estendidos até as 20h com consultas nas áreas de cardiologia, urologia e endocrinologia, além dos exames de ultrassom de abdômen total e de próstata, transrretal e eletrocardiograma. Já o Hospital Municipal oferecerá 600 consultas de urologia e exames de ultrassonografia.

0
0
0
s2sdefault