Sábado , 20 Abril 2019
0
0
0
s2sdefault

Foto: Valter Pontes - SECOM

Quem reside nos conjuntos habitacionais Ceasa I e II e imediações, localizados na Estrada CIA/Aeroporto, fez questão de comparecer e comprovar a concretização de um sonho: a Unidade de Saúde da Família (USF) Ceasa I e II, entregue pela Prefeitura nesta quinta-feira (7). Na ocasião, estiveram presentes o prefeito ACM Neto e o vice, Bruno Reis, acompanhados do secretário da Saúde (SMS), Luiz Galvão, demais autoridades, lideranças comunitárias, moradores e imprensa.

O prefeito salientou que, por ser uma das regiões mais distantes do centro da cidade, os moradores da localidade tinham uma enorme dificuldade de acesso à atenção básica. “A Prefeitura traz aqui mais um posto de saúde, que vai poder atender a até 16 mil pessoas. São quatro equipes de saúde da família e quatro de saúde bucal, em uma unidade que vai estar completa para atender à comunidade. Isso mostra o nosso investimento na saúde – a gestão está inaugurando uma unidade por semana em Salvador, cidade com maior ritmo de expansão de atendimento à saúde dentre as capitais do país”, afirmou ACM Neto.

Residente na região da Ceasa há quatro anos, Renato Santana, de 37 anos, expressou o sentimento de todos os moradores sobre conseguir um atendimento médico perto de casa. “O atendimento mais próximo que a gente conseguia aqui era na UPA de Simões Filho, que já fica em outro município. Pelo menos, com essa USF, as pessoas vão ter acesso a serviços como consulta básica e farmácia, já que nunca tivemos serviço de saúde aqui.”

Estrutura - Com funcionamento de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, a USF Ceasa I e II ofertará serviços de atenção integral à saúde, desde o recém-nascido ao idoso, através atendimento médico, enfermagem e odontológico. Atuarão na unidade quatro cirurgiões-dentista; quatro auxiliares de saúde bucal; quatro enfermeiras generalistas; quatro médicos generalistas; sete técnicos/auxiliares de enfermagem; três agentes comunitários de saúde; dois higienizadores e três assistentes administrativos. Os profissionais deverão cumprir jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Com intuito de garantir o princípio da equidade e integralidade da atenção à saúde, serão ofertados serviços de atenção integral, considerando as áreas prioritárias da Atenção Primária à Saúde nos programas de hipertensão, diabetes, controle da tuberculose, hanseníase e doença falciforme, nas áreas de saúde da criança, adolescente, mulher, homem, adulto, idoso e bucal.

A nova USF Ceasa I e II também disponibilizará serviços complementares, como curativo; coleta de material para exames laboratoriais; vacinação; realização de visita domiciliar; marcação de consulta para outras especialidades e outros exames ofertados no Distrito Sanitário; dispensação de medicamentos básicos; e confecção do Cartão SUS.

De acordo com o secretário Luiz Galvão, neste primeiro momento será feito o cadastramento das famílias da região para acompanhamento de saúde. De imediato, já estarão disponíveis os serviços de curativo, vacina e farmácia.

Cobertura - Em dezembro de 2012, a cobertura da Atenção Primária à Saúde no Distrito Sanitário de Itapuã, do qual a nova unidade faz parte, era de 15%. Em janeiro de 2019, o índice alcançou a marca de 49%, demonstrando um incremento de aproximadamente 226% na cobertura de Atenção Primária à Saúde desta região administrativa da cidade. O investimento aplicado até então supera o montante de R$ 19 milhões.

Ainda este ano, mais cinco USFs serão entregues no DS Itapuã: Itapuã, Jardim Campo Verde, KM 17, São Cristovão e Coração de Maria. Com isso, saltará para 76,6% o índice de cobertura da Atenção Básica na região.

0
0
0
s2sdefault