Quinta-Feira , 20 Junho 2019
0
0
0
s2sdefault

 

Foto: Jefferson Peixoto - SECOM

Plantar o próprio alimento é uma tendência. Os benefícios são muitos: consumir produtos mais saudáveis e de melhor qualidade, economizar dinheiro e conhecer a procedência dos vegetais que serão ingeridos. A iniciativa, no entanto, exige alguns cuidados, que vão desde a escolha do ambiente adequado para plantar até a necessidade de poda e de regar as mudas em horários indicados.

Esses e outros cuidados que precisam ser dedicados às plantas são ensinados semanalmente aos alunos da Escola Municipal Nova do Bairro da Paz, que conta com uma horta desde setembro do ano passado. Na primeira semana de aulas, a diretora da escola, Jurema Macedo, e o auxiliar de serviços gerais Fernando Moura orientaram um grupo de estudantes do segundo ano do Ensino Fundamental a regar e a fazer o replantio de mudas de cebolinha.

“Fura a terra com um dedo, agora coloca as três sementinhas, depois é só tapar o local”, ensinava Fernando, enquanto as crianças seguiam o passo a passo. Segundo ele, o buraco não precisa ser muito profundo, pois o recomendável para esse tipo de hortaliça é que as sementes estejam a um centímetro da superfície. Já o plantio de mais de uma semente no mesmo local é para a germinação de mais de um pé, formando ramos resistentes ao vento.

Clara Ferreira, de sete anos, foi uma das primeiras a se candidatar a plantar. “Essa vai ser minha planta e eu vou molhar sempre para não morrer”, disse a garota. Já Pedro de Assis, de 7 anos, regou com cuidado as espécies já grandes e prontas para a colheita: hortelã, alecrim, pimentão, alface e manjericão. Além dessas três, a horta conta com tomate cereja, coentro, quiabo e cebolinha.

Utilização – Os vegetais da horta são utilizados para a merenda escolar e, quando colhidos em quantidade, são doados para os alunos e responsáveis. “É uma maravilha! Além de fornecer alimento para alunos e funcionários da escola, ainda funciona como um ambiente de aprendizagem e, ao mesmo tempo, de recreação para as crianças”, conta a diretora.

A Escola Municipal Nova do Bairro da Paz conta com 961 alunos do grupo 5 ao 5º ano nos turnos matutino e vespertino, além de turmas da Educação de Jovens e Adultos 2 no noturno.

Projeto – A horta da Escola Nova do Bairro da Paz faz parte do projeto Horta Escolar, apoiado pela Secretaria Municipal de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis), desde 2016. O projeto surgiu para reforçar importância da participação da população para a construção de uma cidade melhor, cumprindo um papel social e ambiental.

Outras hortas já foram implantadas em escolas municipais como Fernando Presídio, em Paripe; Arlete Magalhães, em Castelo Branco; Bosque das Bromélias, no Jardim das Margaridas; Beatriz de Farias, na Boca da Mata; Clemilda Andrade, em Brotas; Associação Criança e Família, no Rio Sena e na Escola Polivalente de Amaralina, no bairro de mesmo nome.

0
0
0
s2sdefault