Terça-Feira , 23 Julho 2019
0
0
0
s2sdefault

Foto: Bruno Concha - SECOM

“Sem a minha escola não posso viver”, dizia um dos trechos do poema declamado pela aluna Laila Santa, 10 anos, da Escola Municipal Irmã Elisa Maria, localizada em Nova Brasília. A instituição de ensino foi palco da ação “Trem da Poesia”, realizado na manhã desta quarta-feira (24) pelos alunos das turmas dos programas Se Liga e Acelera (alunos com distorção idade-série), em celebração pelo Dia do Livro.

Caracterizados com uma placa no pescoço, que fazia alusão à dianteira de um trem, os alunos visitaram todas as salas da instituição, que compreende as séries do 2º ao 5º ano, declamando poemas e poesias escolhidos por eles e pela professora da turma, Verena Aragão. “Esse trabalho de pesquisa de poemas, leitura e declamação estimula os alunos a praticarem a leitura e desenvolverem a escrita, a fala e o conhecimento. Esse trabalho acaba sendo levado para fora da escola, pois faz com que os alunos passem a ter o hábito de praticar a leitura não só na instituição, como também em suas residências, estimulando seus pais, amigos e familiares”, declarou Verena.

"Atividades como essa são de grande importância, pois tira os alunos da rotina e da comodidade, estimulam a educação e fazem com que eles priorizem os estudos. Neste caso, são trabalhados aspectos da leitura, escrita e oralidade, que ajudam no desenvolvimento destes menores, elevando a autoestima e contribuindo nos seus resultados”, destacou a diretora da instituição, Amanda Cristina Souza.

Mãe do aluno Jefté Sousa, do 3º ano A, Débora Cruz, 39 anos, aprovou a ação realizada pela escola. “Através da leitura absorvemos muitos conhecimentos. Ler nos faz atravessar fronteiras. Essa ação é muito interessante, pois incentiva não só os alunos, como nós, pais, a praticar a leitura. E isso, com certeza, vai fazer muita diferença no futuro destes alunos”, afirmou.

Plano de ação – Apesar de o “Trem da Poesia” ter sido uma atividade pensada e realizada para celebrar o Dia do Livro, a instituição, desde o início do ano letivo, desenvolve atividades que envolvem as crianças no mundo da leitura. Através do projeto “Ler é Ver e Ser. Ler é Poder”, que desenvolve um conjunto de ações que estão integradas ao Plano de Ação da Escolativa, durante toda a semana, todos os alunos participam em sala de uma atividade voltada para o mundo dos livros. O objetivo é melhorar os resultados dos indicadores da rede municipal.

Dentre as ações realizadas estão a “Ciranda da Leitura com Café Literário e Construção Coletivo de Livro de História”; a “Leitura, pra que te Quero?”, que rescreve histórias; a “Sacola da Leitura”, onde o aluno sorteado leva uma sacola para casa com um livro e apresenta como desejar; e o “Pais Lendo e Aprendendo, com Sarau”, onde um pai, mãe ou responsável é convidado para fazer uma leitura para os alunos. Um dos mais inusitados é o “Gaiola da Leitura”, onde, dentro uma gaiola, estão presos vários poemas e os alunos são convidados a libertarem esse poema e declamar.

Também é realizada a atividade “Ciranda da Leitura”, “Aluno Letrado, Cidadão Antenado”, “Conhecendo meu Bairro: Contando Minha História e me Localizando no Espaço”, e “Práticas Performáticas de Leitura nas Artes Visuais, na Música, na Língua Inglesa e na Educação Física”, que também desenvolvem práticas de leitura, vocabulário e fichamento.

 

 

0
0
0
s2sdefault