Terça-Feira , 23 Julho 2019
0
0
0
s2sdefault

Foto: Divulgação

A Diretoria de Ações de Proteção e Defesa do Consumidor de Salvador (Codecon) iniciou, nesta quinta-feira (13), a Operação São João, de fiscalização do comércio de comidas típicas, roupas e demais itens ligados aos festejos juninos, em shoppings e supermercados da cidade. A operação segue até 19 de junho, com vistoria das condições, informações de validade e acondicionamento de produtos, além de higiene de estabelecimentos, precificação, formas de cobrança e pagamento entre outras normas do Código de Defesa do Consumidor.

De acordo com Roberta Caires, diretora da Codecon, a fiscalização permanente do órgão é um instrumento efetivo de educação do fornecedor e de proteção do consumidor. “Trabalhamos com o viés da Educação por meio de campanhas, mas também com orientação direta a fornecedores, dando prazo para correção de irregularidades flagradas”, declarou. “O olhar atento dos fiscais e dos próprios consumidores, que denunciam, é fundamental para mantermos a relação de consumo mais equilibrada”, defendeu Roberta.

A diretora esclareceu ainda que, em caso de problemas em serviços e produtos adquiridos nesse período, a Codecon pode ser acionada via aplicativo Codecon Mobile, disponível para download nas plataformas IOS e Android, pelo Disque Salvador, pelo número 156, ou mesmo na sede, que funciona na Rua Chile, nº 3.

Balanço de junho - A Codecon flagrou 54 estabelecimentos irregulares, entre 5 e 12 de junho, em 300 vistorias da Operação Dia dos Namorados, realizada em joalherias, perfumarias, floriculturas, restaurantes, sexy shops e motéis da cidade. Ao todo, 66 notificações foram emitidas, 21 por ausência de informação de preço, sete por ausência de exemplar do Código de Defesa do Consumidor, doze por lixeira inadequada, doze por ausência de placa antifumo, dez por falta de informação de validade em produtos, uma por acondicionamento inadequado e três por prazo de validade vencido.

 

0
0
0
s2sdefault