Sexta-Feira , 15 Novembro 2019
0
0
0
s2sdefault

Foto: Divulgação

Técnicos da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre) participaram, nesta terça-feira (27), da aula inaugural da ação formativa para profissionais e operadores dos serviços da rede socioassistencial de atenção à população em situação de rua – Projeto Caboré. A iniciativa faz parte do Termo de Colaboração assinado entre a Sempre e o Projeto Axé, que visa oferecer proteção social a crianças, adolescentes, jovens e famílias em situação de rua e, por isso, submetidos aos riscos de exploração sexual, trabalho infantil, mendicância e aliciamento pelo tráfico de drogas, entre outros.

A capacitação integra as metas do termo e inclui a formação qualificada de agentes públicos e sociais e educadores de rua. “O Projeto Axé, que trabalha com crianças e adolescentes em risco social, acreditou no trabalho da Prefeitura, realizado através da Sempre. Temos que agradecer à entidade a oportunidade de poder aprender com ela”, afirmou a diretora de proteção social especial da Sempre, Juliana Portela.

Para Marcos Cândido, co-fundador do Projeto Axé, esse é um momento de agradecimento mútuo. “Vários governos e equipes de assistência social já passaram e, simplesmente, desconheciam o diálogo com as organizações da sociedade civil. Para nós, essa é uma experiência nova e muito importante, pois podemos contar com uma equipe com a qual a gente consegue manter esse diálogo, essa conversa, e quem ganha com isso é a população em situação de rua”.

Dinâmica – Os técnicos municipais estão distribuídos em quatro turmas. As aulas foram organizadas em três módulos, com os temas “Construção e produção social das populações em situação de vulnerabilidade social”; “Convenções e Legislações vigentes: Populações de Rua e Defesa de Direitos”; e “Usos das tecnologias de intervenção à população em situação de vulnerabilidade social”. A capacitação prossegue até outubro próximo.

0
0
0
s2sdefault