Domingo , 08 Dezembro 2019
0
0
0
s2sdefault

Foto: Jefferson Peixoto - Secom/PMS

Com a proposta de limpar as ruas da cidade e evitar diversos problemas ocasionados pelo abandono de sucatas nas vias públicas, a operação Cidade Dez, Sucata Zero obteve um bom resultado nos primeiros meses deste ano. Promovida pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), a iniciativa já removeu 818 sucatas e bens inservíveis de ruas e avenidas da capital baiana desde janeiro deste ano. Do total, 400 unidades foram apreendidas pela Semop e 418 removidos pelos próprios proprietários acionados pela pasta. Para obter este resultado foram realizadas 1.002 notificações.

Os cidadãos também colaboraram com a atuação da equipe de fiscalização, que recebeu 635 denúncias e atendeu 584 delas até o dia último dia 27. As vistorias e o atendimento às denúncias são realizados nas segundas, quartas e sextas-feiras. Já as apreensões dos bens inservíveis são efetuadas às terças e quintas-feiras. As regiões da cidade onde há a maior incidência de sucatas abandonadas na cidade são Avenida Afrânio Peixoto (Suburbana), Via Regional, Vale da Muriçoca, Avenida Gal Costa e o bairro de Mussurunga.

O trabalho de remoção das sucatas e bens sem utilidade realizado pela Semop contribui de diversas formas para Salvador. Dentre os benefícios destacam-se os ganhos para a mobilidade da cidade, saúde pública – evitando acúmulo de lixo e proliferação de insetos, roedores e doenças -, limpeza urbana e segurança. Além destes ganhos, há ainda a colaboração com a estética da cidade que fica mais agradável para os cidadãos.

0
0
0
s2sdefault