Segunda-Feira , 16 Dezembro 2019
0
0
0
s2sdefault

Foto: Divulgação

A Escola Municipal Nova do Bairro da Paz teve uma noite de quarta-feira (6) diferente: um desfile para toda comunidade escolar com camisas trabalhadas em diversas técnicas (batique, tie dye, serigrafia, stencil, positivo/negativo, entre outras), com o objetivo de promover o entretenimento através do empreendedorismo. O trabalho foi desenvolvido com os alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA - TAP 5), sob a orientação do professor de artes visuais Alessandro Moreira, ao longo da terceira unidade.

A atividade buscou focar na arte, dialogando com o contexto social vigente, permitindo que o pensamento e o conhecimento ampliem o aprendizado com significado e organização estética visual. Moreira contou que cada aluno fez a própria camiseta, estimulando em todos o processo criativo. “Todos se viram motivados a alcançar resultados significativos, agregando valores às peças”, pontuou.

No total, cerca de 150 alunos da EJA participaram da atividade e, na passarela, 29 estudantes desfilaram as peças por eles produzidas. De acordo com o professor, uma das preocupações centrais no processo de construção foi mostrar a fusão entre o folclórico e a arte urbana predominante na comunidade. “Foi possível sentir a essência do folclore regional misturada às técnicas modernas e que permitiu, pela proposta, o direito de falar por meio das potencialidades”.

Após o evento, cada aluno ficou com a própria peça e todos se mostraram animados diante da possibilidade de empreender através de produções em pequena escala, como forma de obter retorno financeiro. “Eles foram orientados a se inscrever em feiras, participar de eventos e foram encorajados, através de rodas de conversas e trocas de experiências, a voarem cada vez mais alto”, finalizou o docente.

0
0
0
s2sdefault