Domingo , 08 Dezembro 2019
0
0
0
s2sdefault

Foto: Jefferson Peixoto - SECOM

Sensível sobre a importância da doação de sangue, 20 agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) realizaram um gesto coletivo, nesta segunda-feira (25), Dia Nacional do Doador de Sangue. Além dos agentes, participaram também do ato solidário o superintendente municipal de Segurança Urbana e Prevenção à Violência, Maurício Lima, o inspetor-geral da corporação, Alysson Carvalho. O mutirão de doações promovido pelo segundo ano consecutivo ocorreu no Instituto de Hematologia da Bahia (Iheba), em Nazaré. Todas as bolsas serão encaminhadas para o estoque do Hospital Municipal de Salvador, localizado em Boca da Mata.

O primeiro a sentar na cadeira de doador foi o inspetor-geral. Segundo ele, o gesto ilustra o cuidado da GCM em zelar pelas pessoas. “Nossa missão vai além de zelar pela cidade e pelo patrimônio. Cuidamos de gente e doar sangue é uma prática que salva vidas. Não poderíamos fazer diferente. Temos o papel de também ajudar a conscientizar a sociedade sobre a importância de ajudar o próximo”, frisou.

Há dois anos, a guarda Lilian Souza, 34 anos, que atua no setor de transportes, passou a ser doadora voluntária da Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba). Assim que foi informada sobre à campanha da Guarda, logo se prontificou a participar. “Podemos sim fazer a diferença nas vidas das pessoas. Para nós é tão pouco, tão simples, mas para que está precisando é algo grandioso e importante. Fiquei muito feliz em poder me juntar aos meus colegas da Guarda e dar a nossa valiosa contribuição”, disse.

Solidariedade - Para o superintendente Maurício Lima, a participação da Guarda na campanha demonstra o grau de comprometimento da instituição com as questões sociais. “Nosso papel é fazer o bem. Além de cuidarmos da segurança e proteção do cidadão, temos uma enorme preocupação em pregar valores de humanidade. A doação de sangue é um ato de amor e para nós é muito valioso poder fazer parte de um momento como esse”, salientou, lembrando que há dois anos a GCM organiza o mutirão de doações.

A iniciativa é sempre realizada em parceria com Hospital Municipal de Salvador. De acordo com o diretor da instituição, Gustavo Mettig, que também se voluntariou a doar, a ação é de suma importância para o banco de sangue do hospital. “Para nós é valoroso demais receber as bolsas. Precisamos mesmo reforçar o estoque. Lembrando que nessa época temos festas, mais acidentes e tantas outras demandas. Agradeço muito essa parceria com a GM, além de podermos dar exemplo para toda a sociedade sobre a importância de doar sangue”, afirmou.

0
0
0
s2sdefault