Terça-Feira , 23 Julho 2019
0
0
0
s2sdefault

 

A Prefeitura, através da Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal), começa hoje (23) a construção da passarela na região da Madeireira Brotas, equipamento que vai possibilitar a retirada da sineira do local e facilitar o acesso principalmente de quem segue para as avenidas Mario Leal Ferreira (Bonocô) e ACM, desafogando um dos principais gargalos do trânsito na cidade. Começou a ser implantado o canteiro de obras, e, tão logo essa fase seja superada, poderá ser iniciada a construção dos pilares. Toda a parte civil, como os pilares e rampas de acesso, será erguida no local, mas a estrutura metálica da passarela será feita no pátio da Desal.


A fundação do equipamento será feita através de uma técnica chamada de estaca raiz, utilizada na construção civil para reduzir os impactos na vizinhança na medida em que retira as vibrações. A estrutura metálica começa a ser construída até a sexta-feira no pátio da Desa. O prazo previsto para execução da obra será de cinco meses a partir do início da construção da parte civil, que começa em 1° de novembro, com investimentos em torno de R$ 3,8 milhões (sendo R$ 1,85 milhão como contrapartida de um Termo de Acordo e Compromisso firmado com a Le Biscuit).


“Essa vai ser uma das obras mais complexas que Salvador já viu devido à sua localização. A área é complicada também por ser passagem de redes de abastecimento da Bahiagás, Coelba, Embasa e outras concessionárias da área de telefonia. Há muitos anos se falava em construir essa passarela, mas o prefeito ACM Neto acertou em insistir num equipamento do tipo diante dos benefícios que trará para a mobilidade urbana com a retirada do conjunto semafórico que provoca congestionamentos no local. Trata-se de uma obra mais do que necessária para a cidade”, afirma o presidente da Desal, Marcílio Bastos.


Tancredo Neves – As obras para construção da passarela na Avenida Tancredo Neves, na altura do Shopping Sumaré, estão em fase de conclusão. A montagem da estrutura metálica, também produzida no pátio da Desal, será finalizada até novembro, e a construção dos pilares já foi executada. As obras fazem parte de uma contrapartida da Odebrecht para construção do Mundo Plaza, que fica na entrada da Tancredo Neves. A iniciativa provada investiu cerca de R$ 1,88 milhão no equipamento de 176,5 metros de comprimento, devido ao TAC firmado com a administração municipal.

0
0
0
s2sdefault