Quinta-Feira , 21 Setembro 2017

 

A Defesa Civil de Salvador (Codesal) notificou 53 responsáveis por casarões na Ladeira da Soledade, e todos foram orientados a evacuar os imóveis até que as estabilizações sejam realizadas. As vistorias atestando a necessidade de manutenção predial foram encaminhadas ao Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac) para que o órgão, em entendimento com os proprietários, tome as devidas providências para a segurança das estruturas.

 

O Colégio Estadual Carneiro Ribeiro segue interditado até que a estabilização do casarão vizinho à unidade escolar seja feita, eliminando o risco de acidentes. A Codesal notificou a direção da escola, o Ipac e a Secretaria Estadual de Educação para que as providências sejam tomadas o quanto antes.

 

Via liberada – No final da tarde de domingo (14), depois da demolição e segurança total para vizinhos e transeuntes, a Ladeira da Soledade foi liberada para tráfego. No local, um casarão caiu sobre outro no dia 24 de abril, provocando a morte de três pessoas. Toda a ação realizada pela Codesal e Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) foi acompanhada por técnicos do Ipac.

 

“Desde o dia do acidente, a Prefeitura se fez presente dando todo o suporte e apoio à família e vizinhos das vítimas, demos o acolhimento e os auxílios necessários”, explica o diretor-geral da Codesal, Gustavo Ferraz. Assim como a assistência aos moradores, toda a ação de remoção e demolição foi realizada pela gestão municipal com investimento de recursos próprios.