Segunda-Feira , 10 Dezembro 2018
0
0
0
s2sdefault

Devotos de diversos locais vão se concentrar nas ruas do Comércio neste sábado (8) para homenagear a Imaculada Conceição da Mãe de Deus, padroeira da Bahia, que no Candomblé é representada por Oxum, rainha das águas doces. Os festejos integram o calendário oficial de eventos do verão de Salvador, apresentado em São Paulo pelo prefeito ACM Neto, e que contará com cerca de 70 dias de atrações entre atividades privadas, ensaios, Réveillon, festivais, lavagens, festas populares, shows e o Carnaval.

O preparatório para a festa de Nossa Senhora da Conceição da Praia, como é popularmente conhecida, teve início no último dia 29 e segue até o dia 7 de dezembro com o novenário em honra à mãe de Jesus, realizado sempre às 19h. No sábado (8), dia do evento, são celebradas missas na Basílica Santuário Nossa Senhora da Conceição da Praia às 5h, 6h, 7h, 12h, 14h, 15h e 16h; mas o ponto alto da festa será a missa solene, presidida pelo Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, às 8h30.

A missa solene é o ponto de partida para a procissão pelas principais ruas do Comércio, momento em que são conduzidas as imagens de Nossa Senhora da Conceição da Praia, Deus Menino, Santa Bárbara, Senhor do Bonfim e São José, retornando à Basílica para a bênção com o Santíssimo Sacramento. Este ano, a festa religiosa tem como tema: “Com a Virgem Maria proclamamos: ‘Santo é o Seu nome’. Sede santos também vós”.

Tradição – A festa em louvor à Nossa Senhora da Conceição da Praia é a mais antiga festa religiosa do Brasil, comemorada desde 1550. A primeira capela do Comércio foi erguida em taipa a pedido de Tomé de Souza que, segundo relatos, teria ajudado na construção. A igreja atual começou a ser construída em 1739. A celebração também ocorre nos bairros de Itapuã e Valéria, que contam, cada um, com uma Paróquia Nossa Senhora da Conceição.

0
0
0
s2sdefault