Sexta-Feira , 15 Novembro 2019
0
0
0
s2sdefault

Na tarde desta sexta-feira (1º), a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), promoveu diversas atividades como palestras, oficinas e atendimentos, na Unidade de Saúde da Família (USF) Clementino Fraga (antigo 5º Centro), na Avenida Centenário. A ação teve como objetivo reforçar as atividades voltadas para a população negra de Salvador.

Oficinas de bonecas de cultura africana, aromaterapia e auriculoterapia foram algumas das ações realizadas no local. Além dos diversos atendimentos, o evento contou com uma palestra educativa abordando o Programa de Combate ao Racismo Institucional na Saúde e na Educação, voltada para os profissionais e especialistas da rede municipal, no auditório do Centro de Formação de Aprendizes e Trabalhadores (Cefort).

"Ao longo do mês, cada unidade vai realizar atividades de conscientização voltadas para a população ou para trabalhadores, com a temática de valorizar a população negra", afirmou uma das organizadoras da ação, e técnica do Distrito Sanitário Barra/Rio Vermelho Rosa Ester Magalhães.

Para a enfermeira da unidade Renata Kosmala, ações como essa é importante porque, além de levar conhecimento à população, proporciona a oportunidade de aprenderem algo novo.

A dona de casa Maria Pereira levou os filhos para atualizar o calendário vacinal e ficou encantada com as oficinas. "É uma oportunidade que temos de aprender algo novo e compartilhar com os amigos e familiares".

“A maior parte da população soteropolitana é formada por negros, que historicamente, apresentam maior vulnerabilidade social e econômica. Isso acaba refletindo também numa menor expectativa de vida e maior susceptibilidade a doenças e agravos nesta população. Visando reverter este cenário, temos investido em políticas públicas voltadas para a população negra e uma delas é fazer deste Novembro Negro o maior da história desta secretaria. É muito importante reforça os cuidados com a população e, principalmente combater o racismo institucional”, afirmou Léo Prates, secretário municipal de saúde.

Programação – Ao longo do mês, duas grandes feiras de saúde serão realizadas nos bairros de Periperi e Itapuã, bem como diversas atividades realizadas diariamente em todos os distritos sanitários de Salvador.

0
0
0
s2sdefault