Terça-Feira , 27 Outubro 2020
0
0
0
s2sdefault

Trazendo na mala saudade, romance e trunfos como as novas musicas de trabalho, "Churrasco" e "Piseiro", o Harmonia do Samba pisou de leve, no miudinho, no palco da Arena Daniela Mercury, para dar sequência ao maior Réveillon do Brasil. Sob a gerência e o rebolado de Xanddy, o grupo desfilou sucessos dos quase 30 anos de carreira, levando à loucura às centenas de fãs que sambaram por mais de uma hora na orla da Boca do Rio.

"Que dia é hoje?", perguntou o cantor à plateia que, treinada em mais de uma década de tradição, respondia "Segunda-feira, a melhor segunda-feira do mundo", em referência aos ensaios de verão do grupo que, em parte, se fez presente à festa de fim de ano montada pela Prefeitura para brindar a chegada de 2020.

"Churrasco! Churrasco!", cantava o povo, convidado para a festa do Harmonia no Festival Virada Salvador. À novidade sucederam sucessos como "Agachadinho",  "Molejinho", "Tique nervoso" e "Daquele jeito".

"O importante é fazer o bem. É muito bacana esse tema da diversidade, afinal esse pensamento contribui para que as pessoas tenham mais consciência da necessidade do respeito às diferenças. E o Harmonia também é isso. É da diversidade, da igualdade e quer ver todo mundo curtindo sem preconceito e se divertindo bastante", afirmou Xanddy.

Trajetória - Formado no bairro de São Caetano, em 1993, o grupo Harmonia do Samba é veterano no Festival Virada Salvador, completando nesta noite sua sexta participação na festa. Em 2012, o Harmonia recebeu o Troféu Castro Alves na categoria Melhor Banda de Pagode e Melhor Bloco de Pagode do Carnaval – Meu e Seu. Este ano, Xanddy anunciou que a banda está prestes a gravar mais um DVD na carreira de quase três décadas. A previsão da gravação é para o dia 6 de janeiro, no Wet'n Wild.  

 

0
0
0
s2sdefault