Segunda-Feira , 13 Julho 2020
0
0
0
s2sdefault

Sob a coordenação da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), a Prefeitura promoveu seis ações especiais de combate à poluição sonora em vários bairros entre a noite de ontem (23) e a madrugada de hoje (24). No total, a pasta recebeu 495 denúncias, um recorde, a maioria ligadas ao descumprimentos do decreto que proíbe atividade sonora durante a pandemia.

Na ação, que contou com o apoio de outros órgãos municipais, a exemplo da Guarda Civil Municipal (GCM), Transalvador, Secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) e Polícia Militar, os fiscais apreenderam três equipamentos de som em via pública e fecharam três estabelecimentos comerciais.

Uma das denúncias atendidas foi na Baixa do Fiscal, onde ocorria uma festa de aniversário que infringia as regras de social. Lá, o equipamento de som foi apreendido. Os fiscais também estiveram no bairro de Marechal Rondon, onde ocorria um festejo junino com fogueira e som alto. Os agentes finalizaram o evento e apreenderam o equipamento sonoro.

A subcoordenadora de combate à poluição sonora da Semop, Márcia Cardim, ressaltou que as pessoas devem respeitar os decretos que determinam o isolamento social e tratam da proibição de atividade sonora que não seja mensagem de utilidade pública contra a pandemia.

“Elaboramos um planejamento com seis operações em vários pontos da capital baiana e clamamos para que a população entenda que estamos numa situação em que o isolamento social é fundamental e precisa ser respeitado, mesmo estando no período junino. Além disso, é preciso entender que temos muitas pessoas doentes e que não podem colocar o som alto em suas residências”, frisou. 

Balanço - Desde o início das medidas contra o novo coronavírus em Salvador, em março, até ontem (23), a Semop recebeu 23.454 mil denúncias de poluição sonora. Nesse período, foram realizadas 129 operações envolvendo vários órgãos municipais. Na lista dos bairros mais denunciados estão Fazenda Grande do Retiro, Pernambués, Itapuã, Paripe, Liberdade, Boca do Rio, São Marcos, Uruguai, Cajazeiras e Periperi.

 

0
0
0
s2sdefault