Segunda-Feira , 13 Julho 2020
0
0
0
s2sdefault

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) realiza nesta semana ações do programa de controle aos mosquitos e muriçocas no Distrito Sanitário de Itapuã, com aplicação de inseticida através de termonebulizadores. A partir das 19h desta quinta-feira (25), uma equipe do órgão percorrerá três ruas do Bairro da Paz: a Beira Rio da Paz, Presidente Dutra e da Residência.

A ação já ocorreu em mais de dez ruas do Bairro da Paz, Itapuã e Piatã desde a última segunda-feira (22). “O objetivo é diminuir a infestação de muriçocas que, apesar de não ter potencial de transmitir doença, causam incômodos à população interferindo nas noites de sono dos moradores, fora outros transtornos. Por exemplo, há pessoas que possuem a pele mais sensível ou alergia à picada de insetos”, destaca a coordenadora do CCZ, Andrea Salvador.

Com o auxílio dos termonebulizadores, um tipo de equipamento costal, os agentes de combate a endemias lançam uma mistura de inseticida e óleo mineral suficiente para eliminar os mosquitos em fase adulta. Isso porque as gotículas do produto permanecem por um bom tempo flutuando no ar.

A iniciativa costuma ser feita à noite, justamente por ser o período de maior circulação dos insetos. Conta, ainda, com apoio da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) – a autarquia controla o tráfego das vias por causa da fumaça densa e espessa provocada pela termonebulização.

Aedes – Andrea Salvador ressalta que, através dessa estratégia, o CCZ também complementa as ações de enfrentamento às arboviroses. O inseticida usado para eliminar muriçocas causa o mesmo efeito no Aedes aegypti – responsável pela transmissão da dengue, zika e chikungunya.

O programa conta ainda com a etapa de coleta de amostra de água retirada de beira de canais, córregos e lagoas. Os agentes do CCZ verificam a densidade larvária nesses locais, identificando os tipos de inseto em circulação e aplicando larvicida biológico.

 

 

0
0
0
s2sdefault