Logo Prefeitura de Salvador

Comunidade da Polêmica ganhará Unidade de Saúde da Família

Demanda antiga da comunidade da Polêmica, no distrito de Brotas, a construção da 162ª Unidade de Saúde da Família (USF) da capital baiana foi autorizada na manhã desta sexta-feira (2), pelo prefeito Bruno Reis, acompanhado pelo titular da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Décio Martins, e diversas autoridades municipais. A construção da unidade custará R$2,4 milhões aos cofres municipais e a previsão é de que as obras sejam concluídas em dez meses, aproximadamente.

Durante a assinatura da ordem de serviço, o prefeito destacou que a atual gestão tem como premissa garantir o bem-estar do cidadão soteropolitano – desde janeiro de 2021, já foram entregues sete novas unidades de saúde. “O maior diferencial de qualquer gestão é ouvir as pessoas e compreender as necessidades que afetam o dia a dia da população. O grande sonho dessa comunidade era ter uma unidade de saúde, ter assistência quando tivesse algum tipo de doença. Com essa unidade vamos chegar a 62% da cobertura de atenção básica na cidade. No início de 2013, Salvador era a última colocada dentre as capitais do Brasil, com apenas 18% de cobertura”, disse Bruno Reis.

O chefe do Executivo municipal ainda aproveitou para anunciar mais uma grande intervenção na região, dessa vez nas imediações do BRT, adicionando ao local equipamentos esportivos, boxes comerciais, quadra, áreas de lazer para a comunidade. O investimento será de aproximadamente R$12 milhões, com obras previstas para começar no início de 2023.

Décio Martins explicou que a unidade atende a uma demanda antiga da comunidade da Polêmica, e que vem agregar a uma série de serviços realizados pela gestão municipal na região. “Essa 162ª unidade especificamente contará com quatro equipes de Saúde da Família, com quatro médicos, quatro enfermeiras, quatro dentistas, tudo construído com recursos próprios da Prefeitura. Até o fim de 2024, a meta é alcançar 70% de atenção básica em saúde na cidade”, completou.

Estrutura – A Unidade de Saúde da Família da Polêmica terá capacidade para atender cerca de 700 pessoas por dia, através da atuação das quatro equipes de Saúde da Família e outras quatro de Saúde Bucal. A estrutura prestará assistência, prioritariamente, à população da região da Polêmica, com aproximadamente 16 mil pessoas a serem cadastradas na Estratégia de Saúde da Família.

Com intuito de garantir o princípio da equidade e integralidade da atenção, serão oferecidos ainda serviços de atenção integral, considerando as áreas prioritárias da Atenção Primária à Saúde nos programas de hipertensão, diabetes, controle da tuberculose, hanseníase e doença falciforme, atenção ao pré-natal e imunização. As ações são realizadas nas áreas de Saúde da Criança, Saúde do Adolescente, Saúde da Mulher, Saúde do Homem, Saúde do Adulto, Saúde do Idoso, Saúde Bucal.

Além disso, a unidade de saúde disporá de serviços de curativo, coleta de material para exames laboratoriais, imunização, realização de visita domiciliar, marcação de consulta para outras especialidades e outros exames ofertados no Distrito Sanitário, dispensação de medicamentos básicos e confecção do Cartão SUS.

Criado: 02 Dezembro 2022

Skip to content