Logo Prefeitura de Salvador

Turma do Nupdec Mirim conhece trabalho da Codesal

A turma do Núcleo Comunitário de Proteção e Defesa Civil (Nupdec) Mirim da Vila Sabiá, bairro da Calçada, realizou uma visita ao Centro de Monitoramento e Alerta da Defesa Civil de Salvador (Cemadec), nesta quarta-feira (30). A intenção foi conhecer de  perto um pouco mais sobre o trabalho desenvolvido no local. A visita seguiu os protocolos sanitários para a proteção da Covid-19, incluindo o uso de máscara, de álcool 70% e respeito ao distanciamento social.

Participativas, as crianças e adolescentes interagiram durante as dinâmicas, levantando as mãos e respondendo às perguntas feitas pela subcoordenadora de Ações Comunitárias e Educativas da Codesal, Fabiana Santana. Quando indagados sobre os vegetais que oferecem risco às encostas, a resposta foi unânime: bananeira. E sobre o lema do órgão também: prevenção.

As 19 crianças e adolescentes foram recepcionadas pelo diretor-geral da Codesal, Sosthenes Macêdo, e tiveram informações sobre a atuação dos meteorologistas, engenheiros ambientais e técnicos do Cemadec. O centro funciona durante 24h para prevenir e reduzir os danos provocados por desastres socioambientais.

“É a primeira vez que nós trazemos as crianças aqui, através do Nupdec Mirim. Estão sendo formulados novos programas para a Codesal, atendendo a um pedido da atual gestão. Esse caminho das visitas é interessante, porque, diferentemente do Nupdec, formado por jovens e adultos, e do Projeto Defesa Civil nas Escolas, que é constituído por crianças de determinada escola, trouxemos crianças e adolescentes de uma mesma comunidade, o que dá um engajamento maior, permitindo que elas possam ser nossos braços, olhos e ouvidos e parceiros dentro da comunidade”, contou Sosthenes Macêdo.

“Eu gostei muito da visita, foi muito divertido ter vindo para cá. Eu aprendi coisas que não sabia, sobre como as equipes administram esse centro de meteorologia, por exemplo. Acho que, a partir de agora, eu posso ajudar um pouco mais a minha mãe e a comunidade, orientando e também deixando de fazer coisas erradas que antes eu fazia por falta de conhecimento”, disse Cauê de Jesus, de 14 anos.

Gabriel Santana, de oito anos, foi um dos garotos que levantaram a mão para interagir durante a dinâmica feita na Codesal. “Eu gostei muito de vir aqui. Achei muito legal”.

Para o líder comunitário Carlos Brito, de 36 anos, o encontro foi maravilhoso. “Como eu trabalho na comunidade, conheço bem os riscos existentes lá e tento fazer um trabalho voltado para as crianças, juntamente com outros líderes comunitários, pois acreditamos que essas crianças já vão crescer com o conhecimento. Quando a pessoa aprende desde criança, tudo fica mais fácil. Além disso, nós, moradores, ficamos por dentro dos trâmites para os pedidos de lona e solicitações de emergência”.

Nupdec – O Núcleo de Proteção e Defesa Civil (Nupdec) busca formar lideranças nas comunidades com a promoção de cursos que abordem a percepção de risco, primeiros socorros, promoção de saúde, defesa civil institucional e a realização de um simulado de evacuação de área. A intenção é que essas pessoas que passam pelas formações sejam multiplicadoras nas comunidades, orientando familiares, amigos e vizinhos sobre as ações que podem prevenir os deslizamentos.

Ao todo, 54 núcleos, compostos por jovens e adultos, já foram formados pela Codesal. Já o Nupdec Mirim é um programa iniciado este ano e conta com oito turmas formadas. Além de Vila Sabiá, o projeto também alcançou as crianças de áreas de risco da Boa Vista do Lobato, Baixa do Cacau, Bosque Real, Alto da Terezinha, Arraial do Retiro, Voluntários da Pátria e Daniel Lisboa.

A formação do Nupdec Mirim de Vila Sabiá teve início ontem (29), com o módulo de Defesa Civil Institucional, e seguiu hoje com o módulo de primeiros socorros e visita ao Cemadec. A capacitação será finalizada amanhã (1º), com o módulo de Educação Ambiental e recebimento de certificado.

Skip to content