Logo Prefeitura de Salvador

Prefeitura inicia obras de requalificação na região da Conceição da Praia

A região da Conceição da Praia, um dos pontos mais emblemáticos da Cidade Baixa, vai passar por obras de requalificação a serem promovidas pela Prefeitura. *A ordem de serviço será assinada pelo prefeito Bruno Reis, em cerimônia que acontece nesta quinta-feira (17), às 17h, na Avenida das Naus, no Comércio, em frente ao 2º Distrito Naval.* As intervenções englobam a recuperação das ruas Conceição da Praia e Manoel Vitorino, além da construção de um edifício-garagem e melhorias na Praça Irmãos Pereira.

Criado: 16 Novembro 2022

Prefeitura inicia construção de novo camelódromo em Mussurunga

O bairro de Mussurunga ganhará uma nova estrutura que dará melhores condições de trabalho e conforto aos ambulantes que atuam na região. O prefeito Bruno Reis, ao lado do titular da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), Alessandro Lordello, assinou nesta terça-feira (8) a ordem de serviço para a construção de um camelódromo, localizado na Rua Plínio Garcês de Sena – Rótula do Setor C. 

Com 1,3 mil m² de área, a estrutura terá capacidade para abrigar 16 boxes com dimensão de 2,35 x 2,35 metros e 113 barracas. O local terá toda a pavimentação recuperada e telhado com cobertura isotérmica, capaz de minimizar os impactos do calor. 

O projeto também envolve instalação de iluminação em LED, sistema de drenagem para captação das águas das chuvas capaz de evitar alagamentos, lixeiras e paisagismo com plantio de mudas ornamentais. A obra terá prazo de três meses e investimento de R$867 mil. 

O prefeito ressaltou que, assim como as estruturas instaladas em outros locais da cidade, o camelódromo de Mussurunga tem como intuito ordenar e oferecer um ambiente mais agradável e propício para trabalhadores e clientes. “O objetivo é fazer com que as famílias garantam seu sustento e ter um incremento na própria renda, em um lugar mais organizado. A Prefeitura segue na parceria com este segmento tão importante para a economia da nossa cidade, que gera emprego, renda e possibilita que milhares de famílias consigam garantir a sua sobrevivência”, destacou Bruno Reis. 

O início das intervenções já traz expectativas para os comerciantes, a exemplo de Fernanda Borges, de 39 anos, proprietária de uma barraca de lanches. “Vai ser importante essa nova estrutura, porque vai dignificar mais o nosso trabalho. Quanto melhor o ambiente, mais clientes e mais vendas”, declarou. 

Demais iniciativas – O camelódromo de Mussurunga integra um pacote de investimentos municipais para valorização do comércio informal na cidade. A gestão já beneficiou o segmento ofertando desde qualificação profissional gratuita através de programas como o Sou Salvador até a concessão de financiamento a juros baixos pelo CredSalvador. 

Além disso, diversos espaços foram entregues nos últimos dois anos, em diferentes regiões da cidade. Fazem parte da lista as feirinhas do Lobato, da Boca do Rio, o camelódromo Riachuelo (Comércio) e da nova Rótula da Feirinha (Cajazeiras X). Há pouco mais de uma semana, A Prefeitura reinaugurou o Mercado Dois de Julho, que recebeu uma série de melhorias estruturais para os comerciantes e feirantes que trabalham no local.

Criado: 08 Novembro 2022

Mercado Dois de Julho é reinaugurado após passar por reforma

Dentro da estratégia de valorização do comércio informal de Salvador, a Prefeitura entregou nesta quinta-feira (27) a requalificação do Mercado Municipal Dois de Julho. O equipamento está localizado em uma das áreas mais tradicionais da cidade e recebeu diversas melhorias estruturais, que trazem mais conforto aos feirantes e aos consumidores. 

O titular da Secretaria de Ordem Pública (Semop), Alessandro Lordêllo, lembrou que o mercado foi reconstruído em 2016 e já apresentava alguns desgastes provocados pelo tempo. O projeto no local envolveu recuperação de partes metálicas, reforma dos banheiros existentes, nova pintura nas paredes dos dez boxes, nova iluminação em LED, substituição das barracas desmontáveis dos ambulantes e das calhas do telhado, assim como recuperação do piso. A intervenção teve investimento de R$130 mil. 

“Há 40 dias iniciamos essa revitalização para que esse mercado ficasse do jeito que o comércio daqui necessita. A estrutura pode abrigar até 70 comerciantes informais. Alguns deles vêm das ilhas para utilizar esse equipamento, que agora está mais moderno”, disse. 

Lordêllo acrescentou que a ação se soma a outros investimentos realizados pela administração municipal para fortalecer os ambulantes da cidade, tais como entregas de novos camelódromos, feiras e de mercados públicos. “A Prefeitura nunca se esquivou de estar de mãos dadas com o comercio informal de Salvador. Sempre que possível, levamos melhorias a esses locais, distribuindo novas barracas para que esses empreendedores possam ter melhores condições para desenvolver seu trabalho no dia a dia”, afirmou. 

Feirante no Mercado Dois de Julho há cinco anos, Janice de Carvalho, 57 anos, vende produtos de hortifrúti, grãos, temperos e farinha. Ela celebrou a reforma feita no mercado e projeta que a ação impulsione o movimento de clientes neste final de ano. “Agora está tudo novinho em folha e limpo novamente. Uma maravilha para gente que vende e para aqueles que vêm comprar na nossa mão.” 

Cliente fiel da barraca de Janice, o aposentado Oduvaldo Viana, 77 anos, saiu dos Barris, onde mora, em busca do feijão verde. “Eu considero aqui a minha casa. O Mercado Dois de Julho é importante para todos nós daqui da região até porque, às vezes, os produtos que estão nas prateleiras dos supermercados não são do dia. Fora que aqui tem preço e qualidade. Por isso prefiro comprar várias coisas aqui, a exemplo do coco ralado e de coisas do interior, como tapioca”, revelou.

Criado: 27 Outubro 2022

Novo Mané Dendê é apresentado à comissão da OAB-BA

O projeto Novo Mané Dendê, coordenado pela Secretaria de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), recebeu representantes da Comissão Especial do Terceiro Setor da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Bahia (OAB-BA), na tarde desta quarta-feira (26), na sede da pasta, no Comércio, para apresentar as ações e o andamento do projeto realizado no Subúrbio Ferroviário. A Prefeitura de Salvador está investindo cerca de R$ 600 milhões na urbanização e saneamento que está devolvendo a qualidade de vida da população da bacia do Rio Mané Dendê.

Durante o encontro, o diretor da Unidade Gestora do Projeto (UGP), Jessé Carvalho, apresentou todas as etapas das intervenções e diretrizes, além do planejamento e cronograma do programa. “Todas as ações dessa iniciativa são realizadas com transparência e, ao longo da execução das ações, nós recebemos diversos entes para evidenciar a importância das iniciativas que estamos trabalhando em cinco bairros do Subúrbio de Salvador”, explicou.

A reunião também teve a presença da advogada Karine Rocha, presidente da Comissão Especial do Terceiro Setor da OAB-BA; o advogado Jeferson Santos, membro da Comissão Especial do Terceiro Setor da OAB-BA, e de representante da comunidade da poligonal. Também estiveram presentes Mariana Dias, gerente de reassentamento do Projeto Novo Mané Dendê; Lidiane Bittencourt, advogada da Unidade Gestora do Projeto (UGP); Sandra Sanches, gerente da Unidade Gestora do Projeto (UGP); Cecília Araújo, coordenadora do escritório social e Gabriela Macedo, advogada do mesmo local.

“Eu fiquei muito feliz com a reunião, na qual conheci de perto as etapas do projeto que já foram executadas e as que ainda serão. Realmente foi uma aprendizagem muito grande e imagino o desenvolvimento econômico que vai ter essa área em relação ao projeto Mané Dendê. A Comissão do Terceiro Setor vai ter um papel importantíssimo nesse diálogo com as associações e as lideranças” afirmou Karine Rocha.

Entregas e execução – A primeira etapa das obras foi entregue em setembro e as melhorias proporcionadas já são realidade para os moradores da região. A intervenção envolveu principalmente serviços de micro e macrodrenagem, abastecimento de água e esgotamento sanitário, além de pavimentação e novas áreas de lazer em Ilha Amarela, um dos cinco bairros alcançados pelo programa. Nessa fase, as ações abrangeram uma poligonal de 97 mil m² de área e o planejamento para realização das obras levou em consideração diversas características da região, a exemplo das estruturas de saneamento.

As obras do projeto Novo Mané Dendê beneficiarão diretamente 10 mil habitantes e outros 35 mil de forma indireta nos bairros de Alto da Terezinha, Itacaranha, Plataforma, Rio Sena e Ilha Amarela. O objetivo é contribuir para a melhoria do bem-estar econômico e da qualidade de vida da população que reside próximo à Bacia do Rio Mané Dendê, nas esferas econômica, social e de saúde, através da melhoria sustentável das condições socioambientais e de urbanização.

Além de novas habitações para os moradores que precisaram sair de áreas insalubres para o andamento das obras, a intervenção promoverá, ainda, a recuperação da qualidade ambiental da bacia e das águas do rio que leva o nome do projeto e consequentemente as cachoeiras de Oxum e Nanã, referentes paisagísticos, culturais e religiosos do Parque São Bartolomeu. Todo o projeto alcançará 800 mil m² de área.

As principais entregas previstas durante todas as etapas do programa envolvem ainda ecopontos, ponto verde, galpão de cooperativas, novas habitações e vias, assim como terminal de ônibus, escolas, mercado municipal, centro comunitário e praças.

Criado: 27 Outubro 2022

Prefeitura abre nova consulta pública para Plano de Saneamento Básico Integrado

A Prefeitura de Salvador, através da Secretaria de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), abriu nova consulta pública para o Plano de Saneamento Básico Integrado (PMSBI). A ação visa conceder para a população o acesso ao plano de execução da estratégia. Os documentos e o formulário estarão disponíveis até o próximo dia 7 de novembro, através do site da Seinfra, no endereço www.seinfra.salvador.ba.gov.br .

O resultado final permitirá o desenvolvimento de outros produtos para o Plano. “Após o prazo estipulado para a consulta pública do PMSBI, o texto final e as contribuições feitas pela população serão apresentadas e discutidas pelos membros do Conselho Municipal de Meio Ambiente (Coman)”, explicou o secretário Julio Santos. 

Documento – O Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB) é o instrumento de planejamento instituído pela Lei Federal nº 11.445/2007, que estabelece as diretrizes nacionais para o saneamento básico e para a Política Federal de Saneamento Básico. É considerado um marco regulatório para o setor de saneamento no Brasil. 

O documento tem como objetivo estabelecer um planejamento das ações de saneamento que atenda aos princípios da política nacional de saneamento básico. A intenção é melhorar a promoção da saúde pública para toda a população, diante da melhoria nos serviços de abastecimento de água potável, esgotamento sanitário e limpeza urbana, relacionada ao manejo de resíduos sólidos e drenagem, e atrelada ao manejo das águas pluviais urbanas.

Criado: 26 Outubro 2022

Nova Rua Sabino Silva proporciona melhorias na mobilidade e lazer

Uma das vias de acesso à orla de Salvador no trecho Barra/Ondina, a Rua Professor Sabino Silva está de cara nova após a conclusão total das obras de requalificação realizadas pela Prefeitura. A intervenção foi entregue nesta sexta-feira (23) pelo prefeito Bruno Reis, acompanhado de gestores municipais, e promoveu melhorias para mobilidade de pedestres, motoristas e ciclistas, além de mobiliários urbanos que já podem ser aproveitados pela população. O investimento total foi de R$9,5 milhões. 

O prefeito destacou a mudança urbanística implementada no local, ressaltando a importância para quem vive o dia a dia da região, além daqueles que desfrutam momentos de lazer, como o carnaval. “Essa é uma importante avenida de nossa cidade, com diversas ligações para a mobilidade e integração de Salvador. Aqui fizemos toda a drenagem, para resolver os problemas de alagamento, colocamos piso intertravado em uma grande revolução urbanística. passeios com meio-fio, paisagismo. Esta se soma a diversas obras já feitas na região, como a requalificação da orla, a Avenida Milton Santos, as contenções de encosta, enfim todo um trabalho de infraestrutura para trazer conforto, qualidade de vida e lazer e segurança para a população”. 

A ação para a nova Rua Sabino Silva foi dividida em duas etapas. A primeira envolveu a instalação de um novo sistema de drenagem, no sentido de acabar com os constantes alagamentos provocados pelo período chuvoso. Já a segunda etapa contemplou o projeto de urbanização, elaborado pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF), que trouxe mais valorização à via ao englobar desde a criação de rampas, sinalização de trânsito e piso intertravado até a implantação de áreas de convivência, com parques infantis, bancos, bicicletário, ciclovia, lixeiras, balizadores, guarda-corpo, abrigo de ônibus e passeios em concreto lavado.  

Qualidade de vida – Os equipamentos não só embelezam a rua como trouxe mais opção de lazer, conforto e qualidade de vida aos moradores. No canteiro central, foi implantada uma ciclovia em faixa contínua, e o paisagismo foi reforçado com a plantação de gramado e mudas de árvores, melhorando o aspecto visual do percurso. O investimento foi de R$5,4 milhões e as obras foram realizadas sob a coordenação da Superintendência de Obras Públicas (Sucop), vinculada à Secretaria Municipal de Infarestrutura e Obras Públicas (Seinfra).    

O economista Jorge Passos, de 65 anos, sendo cinco deles utilizando a via para trabalhar e viver, avaliou a intervenção como importante e necessária. “Anteriormente era impossível circular por aqui, as raízes das árvores rompiam a calçada, era um caos. A mudança foi da água para o vinho. É alvo de elogio para todos que circulam por aqui. Não havia atrativo algum para o morador”, relatou. 

Criado: 23 Setembro 2022

Skip to content